quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Os parques também são para levar o cãozinho a fazer cocó!


Quem não se recorda da placa "Viveiros Florestais - entidade responsável: GOVERNO!"... Pois é: passados todos estes anos, e com a obra a meio ou pelo menos com as estruturas de apoio ainda por construir, toda a gente se parece esquecer da argumentação a favor da transformação daquele espaço em parque urbano de Breda Marques (na altura enquanto deputado) a da referida ridícula placa colocada, toda a gente sabe por quem. Antes, na actualidade, todos preferiram começar a falar de pisos de ciclovias e outros argumentos no intuito de visar a integridade moral de um vereador ou (quiça) de mostrar o penacho da autoria ou génese da ideia. Concentremo-nos no essencial: a Mealhada está agora melhor do que antigamente e, posso afirmar que, pela quantidade de gente que todos os dias frequenta o parque, mais saudável, apesar do cheiro a m***a que continua a inundar o local todos os inícios de noite.

Igualmente, toda a gente parece querer esquecer as reuniões preparatórias tidas logo após as últimas autárquicas na Junta de Freguesia de Luso, muito por iniciativa de Jorge Carvalho e Julio Penetra, em que o actual presidente da CMM afirmava que seria quase impossível a resolução do problema do Bussaco, devido ao facto de estar sobre a alçada de 3 ministérios e 5 direcções gerais. Ainda não mostrou nenhuma obra pois está em fase de instalação, e terá certamente uma tarefa árdua pela frente, mas a fundação Bussaco aí está! Talvez depois das obras de reabilitação se possa pegar novamente da ideia de Breda Marques, de propor o Bussaco a património mundial com todas as consequências positivas que daí possam vir.

Do mesmo modo há que falar das Termas do Luso, que muito por força de movimentos cívicos do Luso que nunca acreditaram no argumento de que para manter as termas abertas, bastaria à SAL abrir a porta e manter os serviços mínimos. O que é certo, e apesar de avançar aos "trancos e barrancos" a obra lá se vai fazendo apesar da maneira socialmente irresponsável do modo como isso acontece. Neste assunto, nunca foi muito clara a actuação de quem decide nem da oposição, preferindo todos permanecer no limbo e deixar que primeira fila de "peões" a abater fossem os próprios lusenses face à todo poderosa equipa de xadrez da CentralCer.

Talvez falte dizer, que também toda a gente parece fazer questão em esquecer o "fedor" que continua a sair da empresa "Alcides Branco" e a inundar de cheiro a vomitado uma terra que "pretende" vender ar e água pura como o Luso. Certamente que o facto de fazer parte do PS de Santa Maria da Feira nada tem a ver com o assunto, mas lá que há fumo, há! NÃO HÁ BUSSACO, TERMAS OU DESPORTO QUE POSSAM RESISTIR A ISTO e no entanto, os pretensos especialistas em turismo do concelho, preferem estar quietos nesta altura pré-eleitoral - serão ordens que tenham vindo de cima?

Após as obras do mercado do Luso, da Avenida Navarro (excluo propositadamente o muro das lamentações que foi criado na Fonte de S. João pois - na minha opinião - é de um mau gosto inqualificável), da fundação Bussaco, das Termas e do Parque da Cidade, pode-se dizer que está tudo muito mais bonito, mas cheira mal na mesma.

Até mesmo a mulher mais bonita do mundo, se cheirar a um misto de chulé, suor, catinga e vomitado, se torna difícil de amar... pensem nisto!

Touché...

1 comentário:

eh touro !!! disse...

Sem dúvida!Coincidência ou não a semana da campanha bateu com esta semana do Campeonato da Europa de Patinagem Artistica, bom para a terra , bom para o negócio estão todos de parabéns, mas...só não sabia que ia ter que estar a explicar de cinco em cinco minutos a todo este povo Europeu que hoje está hospedado no Luso, por obrigação mas que podem voltar, que cheiro nauseabundo é este e também que barulho é este que inunda as salas de Jantar e os quartos das unidades hoteleiras desta terra....
A resposta terá que ser essa , Politiquices......