quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Nem sempre um homem é uma pessoa:


Estará na "calha" algum recrudescimento do feminismo exacerbado???

2 comentários:

VIPeR5000 disse...

32+1=33 ? Não será.

Pedro Costa disse...

O título deste post tem mais de verdadeiro do que pretende parecer.
Basta ver os jornais de hoje: julgamento de um homem que matou a filha de sete anos por razões que não se lembra muito bem e detenção de um homem que abusou sexualmente dos filhos.
Nem sempre um homem é uma pessoa. Às vezes nem se sabe bem o que é.