sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Com justiça ou, de facto, sem ela?

Sem correr o risco de cair no ridículo da frase "beber vinho, dá de comer a um milhão de portugueses", não estará na hora de o Estado Português deixar de ser carneirista na incorporação de leis nórdicas sobre a percentagem de álcool, e passar a fazer um efectivo teste de aptidão para a condução, independentemente de álcool, drogas, medicamentos, velhice ou até destreza pessoal??

Estou a perguntar isto, porque ando mais depressa de carro com o meu amigo Raul A. completamente embriagado (não é que alguma vez o tenha visto assim :-))) .) do que com a minha mãezinha, que não bebe uma gota de álcool.

10 comentários:

lua-de-mel-lua-de-fel disse...

Era suposto serem as escolas de condução, que são privadas, a fazer esses testes de aptidão...e é o que se vê...

D'artagnan disse...

Além desse teste, temos de ter em linha de conta que, ao longo da vida, por uma razão ou por outra, essa aptidão se altera, por razões de cansaço, sono, depressão, medicamentos, idade, etc, etc, etc...

Tem de haver um método mais justo de avaliar OBJECTIVAMENTE a aptidão dos condutores, que não seja o facilitismo da "caça à multa" gerado pelo teste do balão.

just looking.. disse...

para quem ja andou 10 klm com o travão-de-mão puxado ....e só reparou quando chegou a casa...

D'artagnan disse...

Quando chegou à Pampilhosa... note-se :-)))))

D'artagnan disse...

E foram só 2 Km ... :-))))

Pedro Costa disse...

Quem tem carta, sabe que nas escolas de condução se aprende apenas a estacionar e a fazer manobras.
Eu acho que todos os condutores deveriam ser obrigados a fazer uma reciclagem de cinco em cinco anos para renovação da carta.

Beijinhos à Prima disse...

Allô maltinha! Até pensava que o vosso blog já tinha lerpado mas afinal ainda estão no activo! Em relação às políticas policiais, acho muito bem! Com tantos acidentes que houve no centro do Luso durante a noite nos últimos anos, tem tudo que ser devidamente controlado! Roubas? Continua! Matas? Que se lixe! Drogas-te? Tanto se nos dá! Bebes? É pá! Isso não! Isso é crime grave! Antes roubasses, matasses e te drogasses! Se calhar, os grandes criminosos nem sequer bebem! Não era atrás desses que a polícia devia andar?

El Tonel disse...

Isso faz lembrar que ainda só bebi 6 arrancadinhas hoje... Já bolto... bou só ali à esplanada... ai que secura, carago!

El Tonel disse...

Oubi dizer, que só a partir de 7 é que é crime...

FontedeCastanheiro disse...

Bem caro amigo "just looking" a principio quando li o seu comentário pensei que estivesse a falar de mim! Eu também já fui daqui á Pampilhosa com o travão de mão puxado...
Afinal, não sou o único!