segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Coisas que me fazem rir I

...Depois de tanto barulho contra a fábrica que nos presenteia com cheiros pestilentos, o silêncio é absoluto depois da mesma fábrica entrar com uns cobres para ajudar o Clube Desportivo (digo, Futebolístico) do Luso. Com direito a publicidade e tudo.

6 comentários:

just looking.. disse...

sempre foi assim....e será sempre assim....pelo menos uma coisa é certa ,o azeite está garantido no cabaz de natal de alguns....falta o bacalhau...

alcoviteira disse...

isto promete...
http://favorosa.blogspot.com/

D'artagnan disse...

Isto é como nos climas tropicais: só depois de começar a época das chuvas e da mudança da direcção do vento, é que saberemos se as tão anunciadas obras de carácter ambiental deram algum resultado.

BURRIQUEIRO disse...

TENHO PENA QUE APOS TANTO BARULHO, NADA TENHAM FEITO PARA MELHORIAS AMBIENTAIS.
MAS CONCORDO COM O COLEGA D´ARTAGNAN, APÓS AS MUDANÇAS DOS VENTOS, COMEÇAM NOVAMENTE AS TEMPESTADES......

Sandokan disse...

Pois! O Joaquim Luís e o Francisco Moço de Figueiredo mais os restantes directores da época 2007/2008 chamaram-lhe um figo ao contributo do Alcides Branco no valor de 6.000 euros e dois jogos de equipamentos. Mesmo assim ainda foi pouco, porque as dívidas deixadas são avultadas. O Atlético Clube de Luso recebeu do Alcides Branco 2.500 euros.
Este ano é que ainda não houve nada para ninguém. Foi por isso que só apareceu uma lista para a Direcção do CDL? Então os famosos blogueiros do Luso nunca se assumem para nada? É só mandar bocas? Paleio,aliás, como é costume.

Beijinhos à Prima disse...

È curioso, mas se um dia estiver para morrer e um criminoso assumido me quiser salvar, se calhar eu não vou dizer que não!! Mau seria ouvir alguém das instituições visadas dizer que não há cheiros e que está tudo bem! Eu nunca ouvi isso, acho!